Somando Valores, Desenvolvendo Talentos

Por Cristina Pinheiro

 Pensar em liderança é algo surpreendente.  Com tantas teorias, literaturas a respeito, a liderança continua sendo um grande desafio nas organizações.

 

Podemos começar nossa conversa de hoje compreendendo acima de tudo que a liderança, ou o que se espera de um líder, também será determinado pela cultura e necessidades da empresa.

Naturalmente, algumas características podem e devem estar presentes em todos os líderes porque independem da cultura das organizações.

Vamos a algumas:

PAIXÃO

Paixão é entusiasmo, é aquela vontade de levantar pela manhã e realizar. Um líder necessita de entusiasmo, de vontade genuína em desenvolver pessoas e fazer que elas se motivem para um objetivo maior. Quando se tem paixão, ela pulsa no olhar, nas atitudes e na maneira de realizar coisas. O líder que tem paixão consegue transpirar a vontade de realizar aos seus liderados.

ORGANIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO

Administrar o tempo é fundamental para todos, principalmente com a sensação que temos de que temos a cada dia menos tempo. Um líder precisa ter suas atividades muito bem planejadas e administradas para que se sinta mais confiante e seguro de todas as suas funções. Uma das competências solicitadas ao líder é a Delegação, e ela só é possível se o líder consegue ter clareza de seu papel e da responsabilidade que tem com a organização e com seus liderados. Para orquestrar tudo isso, a organização e a administração do tempo andam juntas e são ferramentas essenciais para a liderança.

COMUNICAÇÃO

Comunicação é tudo, é a “alma do negócio”. Um bom líder comunicador é aquele capaz de expressar a clareza do próprio pensamento, o que inclui saber explicar o que deve ser feito, às vezes como deve ser feito e, principalmente, qual a importância da tarefa, em uma escala de relevância ou prioridades. A comunicação do líder com sua equipe deve ser precisa, específica e concisa. A boa comunicação inclui o “saber ouvir”. Saber e querer ouvir verdadeiramente é  ouvir as mais variadas demandas de sua equipe, e gerenciá-las a contento e com bom senso.

CORAGEM

O papel do líder vai além de distribuir tarefas, acompanhar e checar a execução. Em muitos momentos seu caráter será testado, pois ele se defrontará com situações onde o caminho mais fácil nem sempre será o correto. Fazer o que precisa ser feito, independente de ser popular ou não, é realmente um ato de coragem que o líder precisará enfrentar, tanto com seus liderados, com seus pares e superiores.

HUMILDADE

Muitas vezes, ser humilde se confunde em ser simplório (ingênuo, que se deixa enganar). Ser humilde é aceitar que ninguém sabe tudo, que todos temos limitações e por isso podemos aprender sempre, com qualquer pessoa, seja um liderado, um par ou um superior. Ser humilde é tratar a todos com respeito, sem distinção.

Com certeza, existem muitas outras características tão importantes quanto as que citei acima, mas acredito que já é um bom começo para pensarmos nestas se lideramos ou queremos ser líderes…

Boa reflexão!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: