Somando Valores, Desenvolvendo Talentos

Archive for Março, 2011

Anúncios

Dica de Site: Milevo

Se você adora viajar, precisa conhecer o MILEVO.COM

Um espaço interativo com guia de turismo, fotos, mapas e dicas de viajantes.

Conhecer o mundo sem sair de casa, trocar ideias com outros viajantes, obter mais informações sobre o destino da sua proxima viagem, e muito mais! 

Confira o conteudo na integra… E boa viagem!

www.milevo.com.br

 

A HORA DO PLANETA

O que é?
A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.
Quando?
Sábado, dia 26 de março, das 20h30 às 21h30. Apague as luzes para ver um mundo melhor. Hora do Planeta 2011.
Onde?
No mundo todo e na sua cidade, empresa, casa… Em 2010, mais de um bilhão de pessoas em 4616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta. Em 2011, a mobilização será ainda maior.
Clique para assistir:  Video Oficial – A hora do Planeta
Para mais informações acesse:http://www.horadoplaneta.org.br/

Marketing Pessoal

Ao falar de marketing pessoal nos perguntamos como estratégias de marketing podem nos auxiliar de forma pessoal? Somos algum tipo de produto a venda no comércio organizacional?  

Pensando em marketing, podemos nos basear na definição de Robson Fraga (2006) “Marketing é uma ferramenta administrativa que possibilita a observação de tendências e a criação de novas oportunidades de consumo visando à satisfação do cliente e respondendo aos objetivos financeiros e mercadológicos das empresas de produção ou prestação de serviços”. A partir deste conceito refletiremos como a utilização do marketing pode gerar beneficíos e crescimento pessoal e não apenas mercadológico.

O marketing se originou para atender as necessidades de mercado, mas não está limitado aos bens de consumo. Técnicas de marketing são aplicadas em todos os sistemas políticos e em muitos aspectos da vida, auxiliando na observação das tendências e a criação de novas oportunidades.

O marketing pessoal visa possibilitar a utilização da capacidade e potencialidades humanas em sua excelência tanto na vida profissional, quanto pessoal. Podemos dizer que nasceu também como uma necessidade do mundo moderno, na qual a concorrência e a exigência por maiores níveis de qualidade despertaram as organizações para o investimento nos homens e não apenas nas máquinas.

Desta forma, o Marketing Pessoal pode ser descrito como o processo envolvendo a concepção, planejamento e execução de ações que contribuirão para a formação profissional e pessoal de alguém de tal maneira que as organizações ou pessoas para quem trabalhe ou exerça influência, e ele próprio, se sintam satisfeitos.

A excelência da vida consiste em realizar-se em sua plenitude. Somos seres completos e precisamos de desenvolvimento em todoas as áreas de nossas vidas. O marketing pessoal pode ajudar-nos com estratégias simples, práticas e aplicáveis de forma imediata trazendo resultados visíveis e satisfatórios para nós e para todos aqueles que convivem conosco.

Suas estratégias devem começar por saber quem você é… Quais são seus valores, crenças, missão, visão de futuro. Estes pontos devem direcionar sua vida e fundamentar suas estratégias. Vamos a alguns pontos estratégicos do marketing pessoal:

  • Faça um bom planejamento de onde pretende chegar;
  • Cuide de você: sua saúde, seus relacionamentos… Mente, corpo e espírito;
  • Seja confiável – tanto na vida pessoa quanto profissional;
  • Aprenda a importância do trabalho em equipe, colabore com aqueles que estão ao seu lado;
  • Saiba valorizar seu trabalho;
  • Faça um bom networking.

Acredite e Invista em Você!

Sâmela Rodrigues Silva

Brasil fecha o mês de Janeiro com 152.000 empregos gerados

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados em 24/02, pelo Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, revelam que foram criados 152.091 novos empregos formais no mês de Janeiro. Isso representa uma expansão de 0,42% em relação ao estoque de dezembro/ 2010.

Os números indicam que janeiro de 2011 foi o segundo melhor em relação ao saldo da série histórica do Caged para o período, iniciada em 1992. Apenas janeiro de 2010, quando foram criadas mais de 184 mil vagas, superou o aumento registrado no mês de janeiro.

Para o ministro Carlos Lupi, a redução da geração de empregos na comparação entre os meses de janeiro de 2010 e 2011 não significa desaceleração da economia. Segundo ele, o que ocorreu foi uma adequação do mercado. “Não considero uma desaceleração. Nós tivemos em janeiro de 2010 um efeito de crescimento da contratação comparado com as demissões que tivemos em 2009. Então, muitas empresas começaram a recontratar empregados que haviam demitido anteriormente. Em 2010 foram mais de 2,5 milhões de empregos criados. O que vemos agora é uma adequação do emprego ao mercado de trabalho, ao resultado da economia a cada ano”, disse o ministro.

Nos últimos 12 meses, verificou-se a criação de 2.107.619 postos de trabalho, equivalente à expansão de 6,23%, o melhor resultado para o período. Em doze meses, incorporando-se as informações prestadas pelas empresas fora do prazo, o volume de emprego atingiu 2.467.372 postos de trabalho, um aumento de 7,34% sobre o período anterior.

Confira aqui os dados completos.

Em relação a janeiro deste ano, os dados demonstram que a expansão do emprego no Brasil foi resultado da evolução quase generalizada dos oito setores da atividade econômica. Dois deles, Serviços e Extrativa Mineral, apresentam geração recorde. Outros dois, por motivos sazonais, revelaram queda: Comércio e Administração Pública.

Entre as unidades da federação, 21 aumentaram o nível de emprego em janeiro. Em cinco delas houve recorde, como nos estados de Goiás e Paraná.
Para ele, janeiro passado mostrou um comportamento muito bom. “Foi o segundo melhor janeiro da história e a tendência é manter esse ritmo e até crescer”, prevê.

FONTE: Assessoria de Imprensa do MTE

Criatividade para resolver problemas

A criatividade é a ferramenta mais adequada para encontrarmos maneiras de fazer mais com menos, de reduzir custos, de simplificar processos e sistemas, de aumentar lucratividade, de encontrar novos usos para produtos, de encontrar novos segmentos de mercado, de desenvolver novos produtos e muito mais.

Antes limitávamos a importância da criatividade a algumas profissões; os artistas, sobretudo, deveriam ser obrigatoriamente criativos, mas nem sempre se esperava tal comportamento de um gerente, ou diretor, porém a velocidade imposta pela tecnologia nos obriga a entender como desenvolver um comportamento criativo para resolver os problemas mais simples de nossa rotina, e para propor ideias que diferenciem nossa organização das demais.

 Muitas empresas já se conscientizaram de que o seu potencial criativo é muito superior ao seu desempenho criativo e inovador. Por isso estão criando um setor direcionado a Criatividade e Inovação, geralmente formada por equipes multidisciplinares, que favorecem uma visão ampla para um ambiente criativo e produtivo, e os profissionais que tem essa competência desenvolvida, serão cada vez mais valorizados no mercado de trabalho.

Criatividade é uma maneira de ser, de viver. O primeiro passo é exercitar todo o seu potencial de gerar ideias. Acostumar-se a criar a maior quantidade de ideias sem pré-julgar nenhuma. Lembre-se de que você só conseguirá chegar a uma excelente ideia se você tiver muitas outras para optar.

Os profissionais criativos interferem positivamente nos resultados de qualquer organização, a medida que:

  • Têm um comportamento investigativo e colocam questões, buscando detalhamento nas respostas.
  • Geram muitas ideias, avaliando soluções alternativas.
  • Buscam soluções inovadoras e até então não imaginadas.
  • São ousados na busca de soluções.
  • Têm facilidade em abstrair e conceituar novas ideias

Mas se você não se considera nem um pouco criativo, fique tranquilo, por que criatividade não precisa vir do berço… Embora muitas pessoas sejam naturalmente criativas, é possível tornar-se criativo! Walt Disney disse certa vez que Criatividade é como ginástica: quanto mais se exercita, mais forte fica. Portanto comece a exercitar sua criatividade;

Mude velhos hábitos e rotinas (faça novos caminhos, busque novas formas de entretenimento), pense em formas diferentes de se expressar, converse com mais as pessoas, anote suas ideias. Arrisque um pouco mais!

Boa Sorte!
Talita Nascimento

Nuvem de etiquetas